Minha Poesia

20
Set 20

ONDE ESTÁS

 

Em algum lugar tu andarás

Olhando para as estrelas

Atirando sonhos ao ar

Na esperança de obteres

Respostas da longa noite 

Que tardam chegar

Tu não és fruto da minha imaginação

E ao meu coração não mintas

Quando na minha viagem

Te encontrar e falar sobre 

As fronteiras que imaginaste

P´ra chegares tão longe

 

Em algum lugar tu andarás

E quantos montes e vales terei mais

De percorrer p´ra chegar até a ti

Quanto terei de esperar para te vêr

E ouvir de tua voz que tudo terminou 

E que será em vão esta minha viagem

E eu não encontro 

Os caminhos que levaste 

Para fugires de meu coração

Que chora de arrependimento

Por não ter partido contigo

 

Onde estás meu amor

Vais ocultando teus segredos 

Do universo, e eu nem consigo

Sentir o cheiro embriagante de teus

Perfumes que me levaria até a ti

Em algum lugar tu andarás!

 

de: fernando ramos

02.08.2005

 

 
publicado por Fernando Ramos às 19:02

Setembro 2020
Dom
Seg
Ter
Qua
Qui
Sex
Sab

1
2
3
4
5

6
7
8
9
10
11
12

13
14
15
16
17
18
19

21
23

30


Subscrever por e-mail

A subscrição é anónima e gera, no máximo, um e-mail por dia.

mais sobre mim
pesquisar
 
blogs SAPO