Saltar para: Post [1], Pesquisa e Arquivos [2]

FERNANDO RAMOS

Minha Poesia


07.06.24

 

 

1001.jpg

 

  • 1001 -  FACE DA SOLIDÃO
  •  
  • Vejo nas chamas doces de teu olhar   
  • As labaredas de paixão que procuro    
  • Será um bem pró meu amar
  • Que mora num beco escuro
  •  
  • Levo noites num clarão
  • Desejando ser amado
  • Bem tem doído a meu coração
  • Que por ti tem chorado
  •  
  • Agora que te encontrei
  • Solto as amarras da loucura
  • Deixo as lágrimas que chorei
  • P´ra agonia que encontrou cura
  •  
  • Sonhava as noites acordado
  • Num grito que magoa
  • Sinto que sou agora amado
  • Com amor que não destoa
  •  
  • Porque a lágrima não contida
  • Corria silenciosa p´la face da solidão
  • Já não tenho a esperança perdida
  • Habitada antes em meu coração
  •  
  • de: Fernando Ramos

 

 

Mais sobre mim

foto do autor

Subscrever por e-mail

A subscrição é anónima e gera, no máximo, um e-mail por dia.

Arquivo

  1. 2024
  2. J
  3. F
  4. M
  5. A
  6. M
  7. J
  8. J
  9. A
  10. S
  11. O
  12. N
  13. D
  1. 2023
  2. J
  3. F
  4. M
  5. A
  6. M
  7. J
  8. J
  9. A
  10. S
  11. O
  12. N
  13. D
  1. 2022
  2. J
  3. F
  4. M
  5. A
  6. M
  7. J
  8. J
  9. A
  10. S
  11. O
  12. N
  13. D
  1. 2021
  2. J
  3. F
  4. M
  5. A
  6. M
  7. J
  8. J
  9. A
  10. S
  11. O
  12. N
  13. D
  1. 2020
  2. J
  3. F
  4. M
  5. A
  6. M
  7. J
  8. J
  9. A
  10. S
  11. O
  12. N
  13. D
  1. 2019
  2. J
  3. F
  4. M
  5. A
  6. M
  7. J
  8. J
  9. A
  10. S
  11. O
  12. N
  13. D
  1. 2018
  2. J
  3. F
  4. M
  5. A
  6. M
  7. J
  8. J
  9. A
  10. S
  11. O
  12. N
  13. D
  1. 2017
  2. J
  3. F
  4. M
  5. A
  6. M
  7. J
  8. J
  9. A
  10. S
  11. O
  12. N
  13. D
  1. 2016
  2. J
  3. F
  4. M
  5. A
  6. M
  7. J
  8. J
  9. A
  10. S
  11. O
  12. N
  13. D
  1. 2015
  2. J
  3. F
  4. M
  5. A
  6. M
  7. J
  8. J
  9. A
  10. S
  11. O
  12. N
  13. D