Minha Poesia

28
Mar 20

52 (1).jpg

 

PALAVRAS AO VENTO
Algumas palavras se dizem
que não partem do coração
Mas elas magoam tanto 
e são ditas sem razão
Vamos, as esquecer depressa
más palavras, levas o vento
E essas não voltam mais
para o nosso contentamento
Vamos ter muito cuidado,
para não as dizermos mais
Elas são ditas sem nexo
São palavras tristes e fatais 

Por elas o vento vai esperando
porque não as queríamos dizer
não foram ditas com emoção
nem por nosso belo prazer
As palavras saem tão rápido
como se fosse um sopro na pena
não deviam ser ditas assim
nem da maneira mais serena
Vamos todos lá pensar
nas palavras a dizer
para evitar dissabores
e depois, nada há a fazer
O vento é nosso amigo
por as más palavras levar
temos de lhe agradecer
por nunca as deixar ficar

de: fernando ramos

publicado por Fernando Ramos às 11:56

26
Mar 20

51 (1).jpg

 

51 - ADEUS FADISTA

Desapareceu o nosso fadista
Mas ficou sua arte de cantar
Com ele foi embora a vida
Que soube tão bem amar
Adeus fadista do país
Da nossa liberdade
Agora que tu partiste
Resta apenas a saudade
O fado ficou mais pobre
Com esta tua saída
Deixaste todos nós
E não cantaste na despedida
Cantavas o poema Português
Com a guitarra a se emocionar
Chorava o pobre, e o Burguês
com tua voz de aconchegar
Cantaste nos becos, o fado 
Nas vielas e na rua
Cantaste em todo lado
Até quase cantaste na lua
Mas porquê amigo fadista
Ires para outro lado cantar
Eras aqui o grande artista 
Do povo que te quer escutar
Com esta tua partida
Fica a nossa saudade
Mas teu fado vai continuar 
Para bem da liberdade
Adeus bom eterno fadista
De ti iremos sempre falar
Pelos anos que te ouvimos
A lágrima vamos deitar
Não penses que ao ires embora
De ti não vamos mais lembrar
Estas enganado meu amigo
Para nós vais sempre cantar

de: fernando ramos

publicado por Fernando Ramos às 18:33

25
Mar 20

50 (1).jpg

 

50 - FADISTAS E GUITARRADAS
Cantadores e cantadeiras
do meu belo Portugal
bonitos fados cantam 
Para esta terra sem igual
Tocai, guitarristas tocai
para as nossas gentes alegrar
faça-se ouvir as guitarras
e as vozes acompanhar
É sempre bom ouvir o fado
em ambiente de muita calma
Os nossos fadistas lá cantam
bonitos fados, com raça e alma
Suas gargantas se fazem ouvir
em muitas noites de calor
Ouvem-se fados à desgarrada
cantados com muito fervor
Grandes fadistas por aí andam
E muitos cantam sem pecado
Outros por aí se ouvem
Nas simpáticas casas de fado
E tivemos a Severa, e a Amália
Temos a Marisa e o Camané
Tantos mais por ai há
Cantando de pura fé
As guitarras tocam baixinho
Já dizia o saudoso poeta
E quando as guitarras tocam
Não tocam de forma discreta
Os fados vadios se ouvem
Pelos becos e ruas de Lisboa
Há algumas gargantas desafinadas
Mas uma ou outra, é muito boa

Cantai, fadistas cantai
Pró país e os artistas 
porque o povo gosta muito
Que tanto grita "HÁ FADISTAS"


de: fernando ramos

publicado por Fernando Ramos às 17:02

24
Mar 20

49 (1).jpg

 

49 - É NECESSÁRO

 

É necessário amar
sempre, sempre
e perdidamente
É necessário observar 
As estrelas
em noites de luar
É necessário não usar a crueldade
olhares infinitos, lamentos 
e cair no silêncio
É necessário reinventar 
novas formas de vida
amar loucamente
E criar lírios no jardim
É necessário dar beijos 
abraços, e olhares 
de amor
É necessário a paz,
e os sussurros do vento
nas noites de inverno
É necessário passear no campo 
de mãos dadas
amar os animais e a natureza
É necessário dar longos beijos 
com ternura, paixão
e ter longas noites de amor
É necessário voltares 
sempre para mim
e dizeres que me amas
É sempre necessário
sempre, sempre
 

de: fernando ramos

publicado por Fernando Ramos às 10:20

23
Mar 20

48 (1).jpg

 

  • 48 - FUGIR DE MIM
  •  
  • Sinto que a noite
    de mim está fugindo
    talvez, para que
    eu não ame
    quem meu ser deseja 

    Este amor tem sido
    o companheiro na minha
    imensa escuridão
    e não deixa que a solidão
    tome conta de mim
  • Amanhã pela aurora 
    o sol vai aparecer
    na crista de uma onda
    de mares procurados
    E nela virá amores desavindos
    que se encontram perdidos
    nas noites que outrora fugiram
    mas que se vão encontrando
    num tempo não distante
  •  
  • E no sol sentirei seu calor
    que fará que eu não deixe
    de me entregar ao meu amor
    que é a musa das noites
    que agora me querem deixar 


  • de: fernando ramos

publicado por Fernando Ramos às 22:41

22
Mar 20

47 (1).jpg

 


MEU ROSTO VELHO

Desculpem meu rosto velho
Que se arrasta no tempo
Fazendo esboçar a revolta
P’la falta de compreensão
Dos invernos passados
Por todos os rostos enrugados
Desculpem meu rosto velho
E o que vai na alma, de quem
Ofereceu muito aos outros
E como retribuição recebeu
A solidão desesperante nas noites
Que teimam em não chegar ao fim

Desculpem meu rosto velho
E da falta de esperança
Num bom amanhã, que nunca teve
Porque se foi escapando entre
Dedos das mãos, a quem a vida
Não perdoa pelo tempo gasto

Desculpem meu rosto velho
E o de todos os outros
Que se encontram abandonados
À sua triste sorte
Nas solitárias rugas da vida
Que o tempo não perdoou

Desculpem meu rosto velho
Como um dia alguém terá
De desculpar o vosso rosto
E pela falta do vosso amanhã
Em que sofrerão a mesma solidão
Que só vos deixará no vosso fim

DE: FERNANDO RAMOS

 
publicado por Fernando Ramos às 16:26

21
Mar 20

46 (1).jpg

 

 
46 - CARTAS DE AMOR
 
Cartas de amor escritas
com tanta paixão
são cartas que chegam 
ao destinatário que reside
em teu coração
Cartas de amor
são espelhos do 
teu rosto vagueando
intensamente 
em meus pensamentos
Cartas de amor simples
e belas são aquelas
que levam beijos, 
que zelam por ti
a todo momento
Cartas de amor,
são beijos de partida
que veem de ti,
nunca beijos de chegada
que residem em mim
Cartas de amor 
escritas com alma
são verdadeiras sem
cor, sem credo
e sem Raça

Cartas de amor
nunca deveriam 
ser fechadas sem 
primeiro serem beijadas
com muito ardor
 

de: fernando ramos

publicado por Fernando Ramos às 12:02

20
Mar 20

 

45.jpg

 

DUVIDAS

 

Um dia,
alguém irá dizer
que existe paixão
Em actos de afectos
dados com coração,
Sim
Será que alguém,
um dia dirá que não
existe magia numa relação
Duvido
Porque se o amor existe
Existe uma razão!
de: fernando ramos
06.07.2005
 
publicado por Fernando Ramos às 22:22

19
Mar 20

44 (1).jpg

 

 44 - A MANTILHA PRETA ESPANHOLA

 

Gosto de te ver
mulher graciosa e esbelta
com a tua mantilha
Cobrindo o rosto de olhares
indiscretos, como dando
sinal que outro amor
te pertence
Mesmo assim gosto de te ver
ao passares por mim
Não sei compreender
por que isso acontece
será por alguma magia
que possui a tua mantilha
Sei que teu coração tem dono
e não tenho ilusões
de alguma traição possas cometer
Mas resta-me a esperança
de alguma vez já não usares
a tua mantilha preta Espanhola
para que teus lábios
eu possa olhar
E um dia quem sabe
sentir quanto doces
eles são
Gosto de te ver
quando passas por mim
 

fernando ramos

publicado por Fernando Ramos às 16:17

43 (1) (1).jpg

 

 

  • 43 - AMIZADE PERTURBANTE
  •  
  • Ela mais uma vez não está,
    já todos sabiam
    Mas volta, volta sempre,
    dizem amigos de ocasião
    que gostam dela,
    e do seu jeito intimista
    Ela não os desilude
    quando está presente
    Sua sensualidade é perturbante
    de mais para seus dois amigos,
    que angustiados olham
    para tanta beleza de seu corpo,
    cuja as formas os faz sonhar
    Os dois a amam,
    mas ela é como as aves,
    sem poiso que seguem
    por vezes seu caminho
    para os mares do sul,
    e só voltam quando o vento
    muda de direcção
    E de vez enquando,
    o vento muda,
    e seus amigos tem esperança,
    mas ela depois volta sempre
    para lá com as aves,
    nunca fica
    Tornando esta amizade
    cada vez mais perturbadora
     
  • fernando ramos

publicado por Fernando Ramos às 11:26

Março 2020
Dom
Seg
Ter
Qua
Qui
Sex
Sab

1
2
3
4
5
6
7

8
9
10
11
12
13
14


27

29
30
31


Subscrever por e-mail

A subscrição é anónima e gera, no máximo, um e-mail por dia.

subscrever feeds
mais sobre mim
pesquisar
 
blogs SAPO